26 de setembro de 2007

Clinics Tour: ASIA-EUROPE

Estou no meu último dia em Singapura. Não “no” Cingapura ( famosa favela vertical do Maluf criada para angariar votos dos menos avisados...) e sim no país Asiático outrora dominado pelos Japoneses e depois protegido por Ingleses. Experimentem acha-lo no mapa... é um pontinho em baixo da Malásia.

Esta “clinic”tour Asiática começou na Europa para falar a verdade. Antes de pular para o outro lado do mundo, participei de dois grandes festivais de guitarra na Europa para apresentar músicas do Universo Inverso. O primeiro foi em Fiorano, cidade vizinha de Modena ( Ferrari, Masseratti, Pavarotti...). Tive o privilégio de ser a atração principal de um dos dias do festival que acontece dentro de um castelo da época renascentista. O palco foi montado no pátio central do Castelo e comigo acompanharam um baixista e baterista italiano de altíssimo nível onde tocamos músicas do No Gravity e Universo Inverso. Cheguei na cidade uns dias antes para fazer dois “master-class”. Como vcs podem ver na foto este evento foi dentro da sala do suposto rei que habitava o castelo. Decorada com afrescos por todas as paredes...

Depois do festival Italiano viajamos ( eu, os músicos e a produtora) para França numa cidade situada na fronteira de Geneva ( Suíça), chamada Saint Julien. O festival francês contava com as grandes estrelas da guitarra francesa como Patrick Rondat e Christophe Godin e bandas como Gottard. Fiquei muito feliz de poder tocar em uma super estrutura de festival “open-air” com meu trabalho solo. Palcos como este só havia transitado tocando com o Angra.

Depois da França peguei o vôo de 25 horas Geneva-Paris-Singapura-Kuala Lumpur. Não sabe onde fica? É longe! Fica na Malásia. Não sabe ainda? Tudo bem... aqui eles também não sabem onde fica o Brasil.

Perguntaram-me se havia praia no Brasil...acreditam? Nem respondi, fiquei desolado. Outro me falou que queria conhecer o Brasil e depois dar um volta pela Turquia porque gostava deste tipo de cultura!... dei um mapa do Brasil que tinha na mala para este figura. Acho que aprendeu...
No meu “mode zumbi:on”, afinal depois de tantas horas de vôo, fuso horário cheguei em Kuala Lumpur torto no maior aeroporto da Ásia.

Neste país tropical abençoado por Budda... vemos uma mistura de chinês com malay ( em português não sei: malês, malasiano, malasiense... malês soa melhor acredito) com indiano. Muito interessante a diversidade. Hotel- comida ( só pimenta! Tema para um post futuro)- passagem de som-hotel- workshop- comida ( dormindo com cara no prato) hotel- aeroporto às 4 da manhã. Tudo muito rápido, mas deu para conhecer um pouco da atmosfera do país. Legal também foi a presença do embaixador brasileiro no work. Levou a bandeira do Brasil e distribui folhetos com o mapa do Brasil e fotos explicativas das nossas belezas tupiniquins. Achei isso muito bom. Pelo menos ali, quem estava na platéia, ninguém vai perguntar se temos praia ou se no Brasil faz calor ( perguntaram essa também! Faça-me o favor...). Dali fui para a Tailândia. Já estive uma vez no país que as pessoas falam como criança e a única coisa que me lembrava era a pimenta da comida... Tinha que comer arroz puro, pois era a única coisa que com certeza não teria pimenta. Aterrisei no também maior aeroporto da Ásia. Pensei no nosso pobre Guarulhos. Aeroporto- hotel-passagem de som- workshop-comida ( arroz)-hotel- aeroporto às 3 da manhã(!!!!). Mode: Zumbi-max on.

Vale falar que o work tinha umas 500 pessoas, em um calor-sauna-amazônica no qual nunca suei tanto em minha vida. Pedi uma toalha e trouxeram-me aqueles lencinhos tipo “baby wipes” com cheirinho de talco. Além de tudo tinha um tradutor que não falava inglês.Sufoco completo. Mas é claro que é sempre bom tocar e falar de música e de guitarra. Ainda mais em um país tão distante, fico feliz de ver as pessoas com cds do Angra , conhecendo minhas músicas e respeitando a música brasileira.

Cheguei em Tawain após sabe-se lá quantas horas de vôo... O contratante olhou para minha cara como para quem olha um cachorro vira-lata perdido numa noite fria. Rindo perguntou se eu estava cansado. Cheguei ao meio-dia e às 3 já deveria passar o som. Lindo, pela primeira vez teria pelo menos umas duas horas para comer e descansar no hotel. Claro que para meu azar em Taiwan o check-in começa às três da tarde... Enfim, comi e fiquei 10min no quarto. Comida- hotel ( 10 min)- passagem de som- hotel (2h!)-red bull- café- workshop- cama ( pulei o jantar, os olhos venceram o estomago)- e por fim aeroporto às seis da manhã. Agora a viagem seria para Singapura... 8horas de vôo! Olhando no mapa parece tudo tão pertinho...

Lembro que neste vôo tive um pesadelo, daqueles bem reais, que só em sono profundo ocorrem. Sonhei que tinha dormido e esqueci de descer em Singapura e quando me dei conta estava indo para a Europa. Desesperado perguntei para a aeromoça onde estava ela respondeu com aquele sorrisinho forçado e falso, e voz doce e irritantemente calma típica da profissão: Serão 12 horas de vôo, o senhor espera umas quatro para a conexão e depois retorna mais 12 horas... Daí acordei desesperado e olhei para o lado para ver se os chineses tinham a mesma cara de quando eu dormi. Apesar da semelhante feição de quaisquer dos bilhões de chineses, percebi que estava no mesmo vôo. Mantive-me acordado por via das dúvidas.

Ah, esqueci de falar do workshop em si. O público de Taiwan já é bem conhecido nosso. O Angra já vez 3 shows lá sempre super lotados e eu também já passei pela ilha por outras vezes para fazer workshops. Apesar do cansaço é claro que na hora do trabalho, na hora de tocar fico bem disposto e acordado. A música é realmente um remédio para qualquer mal. O Teatro estava lotado. Umas 400 pessoas. Um tradutor que já era meu amigo e perguntas muito engraçadas e divertidas deixaram o clima bem legal na noite.

Cheguei a Singapura às 4 da tarde. Era dia livre finalmente! Fui comer e ensaiar com os músicos que fariam uma participação comigo no evento. Tocamos Escaping.

Depois de um rápido ensaio e o jantar pude finalmente dormir. O hotel era mega moderno com tudo digital no quarto. Para meu azar ( claro!) a cortina hi-tech automática abria e fechada sozinha durante a noite, o que me fez acordar várias vezes.

O workshop em Singapura foi muito bom também. Dentro de uma boite, super bem organizado, com direito a moving lights, telão etcetc.

Fiquei em Singapura mais dois dias e pude conhecer um pouco mais deste interessante país. Agora vem a parte CVC... Fiz vários programas turísticos. A começar pelo café da manhã no zoológico... isso mesmo... comendo ao lado dos Orangotangos. Como vemos na foto: a macacada completa. Uns com mais pêlos, outros com olhos mais puxados.

A outra foto é o símbolo do país : O Merlion ( mermaid+ lion), ou Leão-Sereia. Diz a lenda que foi visto este ser vagando por aqueles mares. É mais conhecido como vomiting-lion pelos moradores, afinal fica ali vomitando 24/7 sem parar.

Uma das coisas mais bizarras que fiz lá foi a massagem no ouvido. Disse a moça de olhos esticados em singlish ( forma bizarra de falar inglês em Singapura), que era para escutar melhor, então topei. Deita-se de lado e a chinesa chega e envia ( sem muita dó...) uma vela dentro do ouvido. Após acender a vela, começa a fazer a massagem na orelha. Um pouco estranho, mas em poucos segundos é possível acostumar-se com a vela quente enfiada no orifício auricular. Depois o ouvido fica todo limpinho mesmo. Vale lembrar que este foi o único orifício explorado pela massagista de trasos cantonês.

Depois estava pronto para encarar a viagem de Singapura à Paris e depois pegar um trem direto à Nancy para tocar no MAI, maior escola de guitarra da França. É isto... agora estou meio cansado para enfrentar a maratona da Expo Music, mas é sempre divertido a confusão dos stands de qualquer forma.

Vamos falar um pouco da parte difícil da viagem para a Ásia: a comida!!
Já tenho certa experiência neste assunto, pois não é a primeira vez que vou para a Ásia. Aliás um dos primeiros post aqui tem a famosa foto dos espetinhos de cabeça de galinha. Que até hoje não entendi qual é o prazer de sentar num banquinho e tomar cerveja enquanto se mastiga o bico de uma galinha...

Quem pensa que Ásia é comida japonesa está bem enganado, quem pensa que na Ásia você come como em restaurantes chineses no Brasil também está enganado. Lig-Lig, china in the box e estas coisas , que já são ruins, são o paraíso perto do que se encontra por ali.

No primeiro dia na Malásia, já adverti o contratante que tinha uma certa dificuldade em comer comida asiática. Ali naquela região além da comida ter uma aparência no mínimo bizarra tudo é lotado de pimenta. Taí uma coisa que também não entendo. O prazer de comer algo que queima a boca e você passa mais tempo bebendo água para “aliviar” do que comendo, além de que depois da primeira pimenta você não sente o gosto de nada.

Claro que tudo o que o cara falou que não tinha pimenta tinha sim... talvez não tão forte, mas para mim o suficiente para tomar dois litros d’agua e deixar o arroz que comi ( única coisa segura sem pimenta) boiando na minha barriga.

Assim como o arroz, toda comida asiática já vem boiando. É sempre um tigela de água quente com “algo” dentro. Em Singapura veio uma tigelinha com uma asa galinha preta. Não pense que era uma galinha de pena preta. A pele era preta... desculpem mas eu como morador de São Paulo onde compra-se a galinha já congelada e toda assepticamente limpa, nunca vi algo parecido. Parecia uma galinha vinda de Gana ou Togo sei lá... outras coisas não identificáveis nadavam com a asa preta. Bebi a tal sopa e ainda fiz cara que estava bom. A técnica é sempre comer todo o arroz e falar que é o prato predileto e que no Brasil também se come muito. Daí o resto vc experimenta faz cara que adorou mas comenta que está sem fome e infelizmente vai deixar o resto no prato. Questão de educação. Funciona.

Em Singapura também a contratante veio com um líquido gelatinoso e quente ( sem pensamentos criativos, por favor). Pediu para eu tomar sem perguntar o que era. Situação delicadíssima neste lado do planeta. Tomei. Não era tão ruim, mas se nem a chinesa tinha coragem de me falar o que era antes, já esperava algo como cérebro de macaco ou esperma de crocodilo... Mas não, era cuspe de passarinho.Em inglês não soa tão mal: Sparrow Spit. Explico melhor: Na realidade os passarinhos cospem a sua própria comida depois de mastiga-la para construir o ninho pra seus filhotes. Assim sendo, os maldosos chineses vão lá e pegam este cuspe saudável e protéico. Vale comentar que o tal gole de cuspe custa 100 dólares. É algo muito elegante e aristocrático para o café da manhã.
Beijos e abraços!

32 comentários:

Anônimo disse...

wiiii...soy la primera en postear...estoy muy feliz de que escribas de nuevo por aquí....mmm creo que te faltaron las fotos o a mi no se me cargarom corectamente, igual te decía para que revises que sucede...
Me alegro que ya estés de vuelta y que puedes "descanzar" un poquito y comer comida normal xD!...
jajaja..bueno, besos y abrazos

Javiera, Santiago de Chile

Hellen disse...

Kiko! É a primeira vez que sou a primeira a comentar, seu blog está nos meus feeds do Orkut, junto com o site do Whiplash! e o meu fotolog, e por um acaso, vim ver o seu...
E também é a primeira vez que me divirto tanto com um post seu!
E sem pensamentos maldosos!

Esse tempo em que você esteve de "férias" do blog, foi bem corrido, pelo visto!
O único problema é que eu fiquei muito curiosa para ver as fotos que não apareceram..

Ah Kiko! Parabéns pela capa da Guitar Player Americana!! E mal vejo a hora de comprar a Guitar Player nacional de outubro...
Aliás, será que elas já estarão à venda na Expo Music? Eu vou até lá no Sábado (provavelmente o dia mais lotado, mas minhas companhias moram longe de lá e não podem ir no domingo..queria muito ir no domingo ver o genial show do Edu, mas fazer o que?..) Enfim, tenho uma pasta com 193 folhas só de matérias do Angra, você irá autografar todas né? (Tá, brincadeira, só um CD já é de bom tamanho..o problema é escolher o cd..) Enfim, comentário grande demais, capaz que nem tenha paciência para ler, mas estava com saudades de seus posts intrutivos "Companhia de Viagem"!!!!

Beijos!!!

Hellen disse...

Por causa da minha empolgação em escrever, perdi o posto de primeira...tudo bem!! Meu comentário ainda é mais legal.
E se eu fosse você, compraria uma Picanha enorme e comeria tudo sozinho!
E sem arroz!

Eu também não entendo o porque da pimenta em tudo....desperdício..

Novamente, beijos!

Anônimo disse...

Aps! olvidaba decirte, te invito a pasar por mi fotolog, porque subí una foto tuya, de cuando vinieron a Chile hace poco, y no sé la foto es muy linda, si te gusta la pides por acá y yo te mando un enlace para que la descargues en buena calidad, eso...besitos y abrazos (again)

Javiera, Santiago de Chile

www.fotolog.com/javiborilla

mari moura disse...

olá Kiko!Fico mto feliz q está voltando.Adoro que Vc compartilha suas experiências de viagens conosco,obrigadão!
Que legal Vc ter sido atração principal de um dos dias do festival em um castelo renascentista.
O festival frances, com Gottard,parabéns...
Agora esses lugares que Vc citou,que ficam na Malásia deixa pra lá nem sei onde fica.
Vc ficou desolado por eles não saberem sobre o BR? Falta de informação assim como eu em relação a Kuala Lumpur...Mas mtos sabem que temos lindas praias aqui,não é mesmo? Isso é o que importa.
Cara!acho que tanta pimenta é pra não saber como é ruim as tais comidas...eca!eu não comeria nem sob tortura.Ah meu pobre estômago...Vc viveu belos momentos,mas outros de chorar.
KIKO,quero ver a foto dos orangotangos,que hilário,rs rs
E a outra foto do símbolo do país Merlion?!?Kde?
a massagem do ouvido... a galinha preta, que tô achando q era um urubu...enfim muitas peripécias. Foi inesquecível, não foi?
Ainda bem que Vc falou que a música
é realmente um remédio para qquer mal!
Valeu a pena esperar pque foi mto engraçado,triste,emoooocionante,ADOREI este post.
Bjos da fan que te adora.
Tchau,tchau. Mari.

Monica disse...

Pôxa, que saudade de vc e dos seus textos "CVC"... rsrs ^^

A do passarinho foi dose, hein... rsrs ^^ É cada sufoco que vc passa!! :-))

Aqui não apareceu nenhuma foto. =/


Beijos!

Monica disse...

E boa viagem de volta ao Brasil! A ExpoMusic te espera! :-)

Beijo!

Flávia Balboa disse...

Aeeeeeeew,de volta ao blog! :D
Kiko,cara você se mete em cada situação hein? hehehe cheguei a ficar com Dó de você,ninguém merece essas iguarias e muito menos pimenta(AFF!). Mas é isso ajoelhou,tem que rezar!
Cara,esse lance da vela no ouvido... sinistrooo!
Pode apostar que eu fico aqui só imaginando todas essas situações e rindo muito(gargalhadas altíssimas,povo aqui em casa até se assusta!ahaha).
Então... que bom que voltou a postar e sucesso aí na Expo Music!
Beijosss!
:)
PS1:Mas cadê as fotos? Não vi por aqui!
PS2: Parabéns,dessa vez o SPFC conseguiu ganhar do Boca Juniors!ehehe
;)

pikena-chan disse...

Cadê as fotos??? ^^

Aiai...só vc p/ me fazer rir (gargalhar) com vontade!!!

Fico imaginando as cenas...o post é longo então preciso comentar por partes...vamos lá...

Tocar num castelo da época renascentista deve ser muito legal! Imagino a bela paisagem. Queria assistir um show num castelo!

Bom, a Malásia eu sei onde fica mas...há praias por lá? rssss (calma, minha alienação tem limites!) Perguntaram se havia praia por aqui? Realmente o silêncio foi a resposta mais sábia. Tb ficaria desolada.
Turquia e Brasil...vou pular essa parte. O mapa que vc o entregou será de grande utilidade!

Pimentas...tb não entendo qual é a graça de colocar tanta pimenta nas comidas. O sabor vai embora e p/ algumas pessoas é um terror na hora de...deixa pra lá! rs. Desculpe-me, mas falar em pimenta...é inevitável pensar nesse distúrbio! Deve ser complicado.
Comer arroz puro não é fácil. Ainda mais se o arroz de lá for como o japonês, sem tempero algum...uma papa branca. Pelo menos tinha um temperinho?
Mas prefiro o arroz boiando no estômago do que comer cuspe de passarinho! Galinha preta? Já pensei em macumba! rs...ah sim, a pele era preta, ufa...pele preta?! Meu Deus, isso está cada vez mais bizarro. Foi melhor mesmo vc não saber o que eram as outras coisas boiando lá dentro. O difícil é fazer cara de quem adorou...o bom é que as pessoas acreditam naquele semblante feliz mais-que-forçado!

Líquido gelatinoso e quente...não pensei em nada, juro! rs...ainda bem que o cuspe não era morno, acabado de ser regurgitado...pelo menos deram uma esquentadinha. Nessas horas, temos que pensar nesses pequenos detalhes que podem tornar a situação mais confortante. ^^
Realmente os chineses são maldosos! Por que pegar o cuspe que é tão útil aos filhotes de passarinhos? Qual será a próxima comida que eles vão inventar de pegar dos bichinhos? É melhor parar no cuspe mesmo...

Queria ter presenciado a cena: vc se enxugando com "Baby Wipes"! Cena meiga! rs

Eu quero ver a macacada! Foto, please! Não apareceu aqui...
O Merlion eu não conhecia...ficar vomitando 24 por dia sem parar...nossa, que vida dura!

Vela dentro do ouvido...essa massagem é bem peculiar. Não pinga cera na pele? Algo meio sadomasoquista...rs. Muito importante o lembrete do "único orifício explorado"...


"A música é realmente um remédio para qualquer mal." Disso eu entendo bem! ^^


Beijos e até a Expo!

Pikena-chan.

mari moura disse...

Oi kiko!Voltei p te dizer mais um pouquinho,afinal tô com mta saudades: Eu já estava sentindo-me orfã de guitarrista show!
Volta logo para as nossas belezas tupiniquins (como Vc diz),pq isso tudo sem Vc está mto vazio...exagero?!?
Por favor, esquece as pimentas e só pensa e aproveita as delícias que Vc gosta,ok?
Elegante e aristocrático no café da manhã só sei de uma coisa: É ter Vc, mesmo que só no pensamento,
isso para mim não tem preço!
Abraços e beijos.
mari

SAtansemdente_... disse...

"Geneva-Paris-Singapura-Kuala Lumpur"

ham??.. heeheh

grande post kiko.. literalmente :D..
pra compensar o tempo q fica sumido heim ..

até um proximo post.. ^^

luciana disse...

Uau gostei desse longo post!

Onde estão as fotos? Não apareceram.
Essa massagem com vela....sei não....huahauahahauh

Quanta pimenta nas comidas hein! Eu tb não ia gostar. Coitado dos asiáticos que tem hemorróidas! Foi a primeira coisa que pensei! kkkkkkkkkk

Bjosssss

Anônimo disse...

Hi Kiko, your blog is always interesting. I'm checking to improve my Portuguese. By the way, Malaysia is the country of Muslims, not Buddhists. :-) Everyone is asking: Where are the photos?? You forgot to put them!

Bruninha disse...

Hey,Kiko! É a primeira vez que comento no seu blog...
Comecei a admirar teu trabalho há pouco tempo.Fui no show no Sesc'n'Blues daqui de Bauru/SP,e adorei! (Ah,eu tirei uma foto contigo,mas você não vai lembrar!)

Digo que sua "aventura" na Ásia foi interessante!
Agora,o cuspe de passarinho foi dose! Deve ser uma delííícia!!

Da próxima vez,leva umas comidas congeladas,sei lá (ô pensamento pobre que eu tive agora...)!

Daniela Prata (aju-se) disse...

HASuiaHIUSH!!
Que bom que está de volta Kiko!
;D

Eu to rindo até agora das suas experiências alimenticias...asa de galinha preta (que trexe).
Coitado de vc...só comeu arroz, acredito que nao vai comer arroz por um bom tempo.
Tipo, quando chegar aqui vai numa churrascaria e come comida de verdade, pq só em ler isso tudo fiquei agoniada.

u.ú

Okay, sem mais palavras.

Beijos,
Daniela Prata.
:**

Paula disse...

Poxa... Achei que era só eu que era chata pra comida... Se tiver cara feia eu nem experimento!! Boa sorte nas próximas viagens... Que tal levar um kit-besteira pra comer? Cachorro-quente sempre funciona, hehehe

bjo

Paula disse...

ou Doritos... Hahuahuah

:p

Lapa disse...

OLÁ.
SAUDAÇÕES LITERÁRIAS DE PORTUGAL.

ESCRITOR CRISTÓVÃO DE AGUIAR.

LITERATURA LUSÓFONA

Sylvia disse...

Putz, é só eu ficar 2 semanas fora que tem 5934593452 textos seus pra comentar...
Nem preciso dizer que vc ta engracaralho pracadinho...
A comida realmente foi fatal hein... chegou no brasil, e caiu de boca na feijoada... (no bom sentido hein)
heheheh
Pelo visto vc vai dormir 2 semanas agora hein... merece um descanso...

bjssss

Graziele Rock N Roll disse...

Ola kiko ate que enfim voltou a comentar no blog huahuahua...q apuro q vc passou por la em kiko oloko!!!! bjus

Pedro Henrique disse...

HUAHUAUA MTO BOA A HISTÒRIA DO PESADELO NO AVIÃO!!! más ow as fotos não apareceram aqui não. to bem afim de ver depois ve c posta de novo por favor

vlw kiko

abração e parabéns pelo sucesso

Byte Burguer disse...

Jesus meo!
Se assistiu ao filme "Turistas" ?
Pois é... na próxima... :)

Sucesso sempre !!!

Anônimo disse...

curti o lance da vela no ouvido..

me pareceu bem... digamos... aprazível!

=).

bhbeijos.

Regina Justa disse...

Mto engraçadas essas crônicas de viagem do kiko!!!
acho q tbm não iria gostar de comidas tão exóticas!
um abraço^^

Anônimo disse...

Kiko,

Faz um tempao que não passo aqui pelo Blog, achei legal o novo formato.

Adorei tudo dessa viagem ao Singapura. Só nao adorei que vc nao me trouxe uma orquídea. Eles têm a maior variedade do mundo..:-(

Às vezes fico me perguntado como vc consegue administrar tanta informação visual diferente, e conviver com isso numa boa.

Não sei, mas eu ficaria zonza. Vai ver foi isso o seu sonho no avião.
Se eu fosse a aeromoça eu ia mentir pra vc! Não iria resistir.
Ia dizer que a gente estava voando pra Disney e que uns terroristas estavam no controle da aeronave, e queriam a sua guitarra para se render.

O que vc salvaria? A guita ou a tripulação?

Grande beijo

Leticia

Anônimo disse...

Oi Kiko caramba eu ri mt da sua viagem, ainda + na parte da comida com mt pimenta,ninguém merece!!!!Vc sofreu mt lá com isso,e parte do seu sono no avião q foi d+!!!Comtinue com as sua viagens q eu estou adorando...bjss e abraços e sucesso!!!

Melise disse...

Oi Kiko, td bom????

Nuossa....pelo visto foi bem corrida essa sua viagem n?! rsrsr, mas enfim...qro parabenizá-lo pelo trabalho.....so n gostei mto do comentario q vc fez "Desesperado perguntei para a aeromoça onde estava ela respondeu com aquele sorrisinho forçado e falso, e voz doce e irritantemente calma típica da profissão", pois eu como comissária n tnho essa visão sobre a profissão......mas enfim isso n afeta a admiração q tnho por ti e espero t encontrar em algum vôo, rsrsr .........parabéns pelos trabalhos e mto, mas mto sucesso p ti.........!!!

Bjuuuux

Giselle disse...

Oi Kiko!
É a primeira vez que entro no seu blog, e esse foi o 1º post que li, se todos forem assim nota dez para você!
Adoro ouvir histórias, ainda mais com duplo sentido, hehehehehe!!!
Muito boa!
Agora vou ler os outros... Depois te falo o por quê!

BEijos!

bruno disse...

Kiko, será que não dá pra levar uns congelados, Mc Donalds, ou coisa do gênero? O pior é que em vôos internacionais é meio complicado levar alimentos. Estive na Alemanha em maio e achei a comida meio estranha, mas vendo tuas experiências saquei que nem se compara... o que me dei bem por lá foi ter comprado uma Fender American Standard aniv. 60 anos por 800 Euros!!!! Por aqui vai entre 5 a 7 mil Reais.
Um abraço e continue com o seu trabalho maravilhoso de guitar...

Dricka disse...

Bem, é a primeira vez que posto aqui...
Mas meu, dou muita risada das histórias!!! Tadinho de ti Pedro Henrique, acontece cada uma com você hein...rs
Com certeza a asiática nunca mais vai lavar a mão depois de ter feito massagem na sua orelha... kkkkkkkkkkkkkk
Admiro muito o seu trabalho e espero um dia ao menos tirar uma foto com você... Pra falar a verdade não só admiro muito o seu trabalho como AISHITERU!!!! TOTEMO!!!!( não sou japonesa ), então, se por ventura, em um dia que você não estiver fazendo nada, ler este comentário... Ué... Má oeee leia uma piada também, vai que você esteja num dia ruim, comendo pimenta com gohan...KKKKKKKKKK LÁ VAI PIADA SUUUPER ENGRAÇADA ( esse engraçada leia com sarcasmo rs ):
A mãe do saci falou:
- Saci, vai cumprá farinha pra mainha, mais vai num pé e vorta no otro...
O saci nunca mais voltou... hauhaauhaauaauhauahauahauahau ( finja que teve graça... kkkkk ).
Eu vou no casamento domingooo!!! Se você for aí tiro a foto lá mesmo!!! Me add no msn ( até parece hauhauahauahauhauahau ) mas não custa deixar né... Vai que acontece um milagre divino !!!
dricka_rock@hotmail.com
KISUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

meu mundo disse...

gostaria muito de ter um estômago forte como o teu...se eu estivesse em tua situação teriam me mandado de volta por estar muito desnutrida..
bjo ...
sorte sempre pra ti.

meu mundo disse...

gostaria muito de ter um estômago forte como o teu...se eu estivesse em tua situação teriam me mandado de volta por estar muito desnutrida..
bjo ...
sorte sempre pra ti.