15 de dezembro de 2008

Histórias da Estrada III

Esta também saiu no Blog da Revista Guitar Player...

Patinar em querosene? Equilibrar-se ao mesmo tempo em que as notas devem sair perfeitas e o público ver a banda em palco movimentando e agitando ao máximo.

Na época do álbum Fireworks, onde a capa era um cuspidor de fogo, tivemos a grande idéia de contratar malabaristas para a abertura do show.
Pense no maior lugar de shows em Paris -Le Zenith, 7000 pessoas, o famoso grupo finlandês Stratovarius como abertura e Bruce Dickinson -vocalista do Iron Maiden - no camarim pronto para participar do nosso show.
Em meio a toda esta festa, a grande idéia do cuspidor de fogo para "criar um clima"antes de entrarmos no palco.
Esquecemos que junto com o fogo a querosene também seria cuspida e espalhada por toda cena.
O palco virou um sabonete, um ring de patinação no gelo.
Igual aos jogos de vôlei, também tivemos nossos limpadores de solo, que durante as primeiras músicas faxinaram e enxugaram a nossa estupidez grudada aos nossos pés.

12 comentários:

Lu disse...

Aii, mesmo sem ter vivido essa lembrança, consigo sentir o quê de saudade! Que o Angra volte logo!!!!!
:)
beijos Kiko!

Kelly disse...

Patinar em querosene, uma experiência inesquecíve, tenho certeza ;]
A idéia do cuspidor de fogo foi muito boa, pena que vocês esqueceram de alguns detalhes...
Sempre há os detalhes esquecidos e isso que faz com que haja histórias a serem contadas ^^
Que as histórias da estrada continuem ;]
Beijões Kiko,
Kell

::mari moura:: disse...

OH MY GOD!!
Quem teve tão excelente idéia?!?
Não acho que tenha sido estupidez grudada aos pés...foi criatividade.rsrs
Se o palco estava como sabonete,não sei,mas deveria estar bem perfumado...
Eita "Estrada Loooonga"!!!..Mas qdo o Angra chega???
Mtos beijos Gde Kiko!!
tchautchau! ::mari::

Luciana MN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sylvia disse...

Só tenho um comentário:
Só tem gênio!!! Não é a toa que viraram músicos!!! ¬¬
AUHuahUAHUhauhauHAUH

Emi disse...

ah kiko,que exagero!!!era só guitarra pra cima,perna no ar,umas voltinhas e pronto...seria o show mais artistico do angra husahsahashas

bjoss

Samii From Hell disse...

Puxa vida, eu keria estar nesse show...¬¬'

Anônimo disse...

Es verdad el material que escupen cae al suelo y es impresionante lo resbaloso que queda el suelo menos mal que tenian quien limpiara el suelo ;) cualquier movimiento en falso pudo resultar en catastrofe, que tengas una Feliz Navidad (feliz natal) Kiko
Martin

Raphael disse...

Caramba, quanta historia vocês devem ter durante todo esse tempo
Achei bem legal esses post sobre as historias de Estradas, já que você está contando essas histórias, gostaria que se possível num próximo post das histórias, você contasse sobre o dia que vocês foram na rede mulher falar do Angels Cry. Sei que não foi um show, mas deve ter sido engraçado para vocês.

Abraço,

Raphael Dantas

Deftz disse...

Você devia ter aproveitado para escorregar de joelhos na hora dos solos...se é que não fez isso. Não sei, eu não estava lá... :)

Eduardo Gabriel - Sepian Nightmare disse...

Nossa Kiko, que legal poder ler esses posts e acompanhar essas histórias. Essa do querosene foi muito legal conhecer rs...
Um abração, e continue sendo o excelente músico que vc sempre foi, pois sou um grande admirador do seu trabalho.

Anônimo disse...

Dear Author kikoloureiro.guitarplayer.com.br !
I can ask you?