25 de agosto de 2008

Notícias diversas



Aí galera.. São tantas coisas rolando ao mesmo tempo, que não sei nem por onde começar.



Vou tentar resumir algumas legais...



Em Junho a Young Guitar- Japão me deu o privilégio de fazer uma entrevista e sessão de fotos com o George Lynch.Em algum post antigo aqui do Blog escrevi sobre ele. Na minha adolescência ficava horas e horas tentando tocar próximo ao seu estilo diferenciado e finalmente fizemos esta entrevista e tocamos juntos em maio no GIT Hollywood. Pena que está em Japonês a conversa, pois eu também não lembro mais o que falamos, mas foi um encontro muito divertido. Ilustram a revista ótimas fotos que fizemos em um estúdio no mês de janeiro em alguma “quebrada” de Hollywood.



A Tour do Angra no Japão com o Nightwish estreitou um respeito mútuo dentre as bandas.O Edu convidou o Empu para gravar as guitarras no cd do Almah e ano passado foi a vez da Tarja me convidar para gravar violões em seu álbum de estréia, “My Winter Storm”

Para mim foi um participação feliz porque, diferentemente de outras, com guitarra e solos improvisados, ela pediu que eu trouxesse um pouco da sonoridade do Angra com violões de nylon e passagens mais clássicas.

O resultado agradou e assim fui convidado para tocar com ela nos shows. Além dela ser uma ótima cantora, a banda conta com músicos fenomenais como o amigo Mike Terrana , Doug Wimbish ( Living Colour ), Max Lilja( Apocalíptica) e Maria Ilmoniemi.

Estamos agora em meio a tour do Brasil. Ontem fizemos SP e acabei de sair do show de Curitiba. Passamos pelo México e Colômbia também. Depois vou contar em mais detalhes e colocar umas fotos. Já passamos por momentos emocionantes como o show da Cidade do México ou a turbina do avião parando em pleno vôo... muitas histórias para vários posts...

Alías, na próxima revista Guitar Player vou estrear o "Blog do Kiko" na sessão de colunas e contarei detalhes desta tour assim como dicas técnicas e profissionais.





Quem quiser conferir uma entrevista que dei para um site americano de guitarra. http://www.guitar9.com/interview127.html



Ainda mais.... Entrevista para o site da MTV Brasil http://mtv.uol.com.br/noticias08/node/94756





Mais uma boa! Uma Radio Australiana votou o Universo Inverso entre os 10 melhores discos de Latin Fusion do ano. Confiram: http://fiestajazz.com/CDReview.html





Por último, antes que eu me esqueça... Minhas novas vídeo-aulas já estão à venda. Quem se interessar é só mandar o um email para o roberto@kikoloureiro.com.br ou procurar em qualquer loja de instrumentos musicais...





Kiitos!



KL

13 de agosto de 2008

Entrevista com Joe Satriani


Ter o patrocínio da melhor marca de cordas do mundo me proporciona inúmeras felicidades. Primeiro pela qualidade da corda em si, pelas amizades que se formaram ao longo de vários anos e também por diferentes e inusitados momentos como este vou contar aqui.

A Musical-Express, importadora das cordas D’Addario organizou um encontro entre dois endorsees da marca.
A idéia foi criar um bate-papo entre o Satriani e eu, para falarmos de cordas e assuntos diversos, sem roteiros, livre para ir onde minha curiosidade levasse.
Claro que para mim foi uma oportunidade única, pois sempre respeito e vou respeitar quem me influenciou diretamente. Lembro como se fosse hoje, vinte anos atrás, eu a procurar entender como era possível tirar aqueles sons que o Satch facilmente entoava na “Surfing with the Alien”
Na tarde do show de São Paulo, conseguimos um tempo com o Joe onde pude decifrar algumas das minhas curiosidades. Achei que o papo ficou muito legal.

Satriani inusitadamente falou coisas bem interessantes.
Por incrível que pareça, revelou que não acha a guitarra confortável, falou de sua vontade de ter cordas signature, mostrou seu lado filosófico sobre a morte, explicou as fontes do seu lado desenhista, dentre outras coisas, tudo isso em pouquíssimos minutos.
Divirtam-se...
Link:
http://www.musical-express.com.br/

PS: Mesmo tendo o enorme respeito por este meu pai musical, admitamos que a dupla aí da foto parecem o Kiko e o Chaves... só faltou meu boné colorido...




Abraços aqui do México
KIKO

2 de agosto de 2008

Cordas à Solta


Desde moleque, ao lado dos meus ídolos no rock, sempre tive meus ídolos da música instrumental brasileira. Aquela que eu podia ir aos bares de São Paulo e assistir frente a frente performances impressionantes.
Um destes músicos atordoantes é o Arismar Espírito Santo, multiinstrumentista e guru dos músicos paulistanos que sempre acompanhei sua trajetória e carreira.
Para minha felicidade, agora é minha vez de poder dividir o palco com ele, Thiago Espírito Santo e Rogerinho 7 cordas.
Para quem estiver em São Paulo e gostar de cordas, vale a pena conferir o projeto “Cordas à Solta”

Abraços

- Cordas à Solta -

... Dez consagrados artistas, solistas das cordas brasileiras, reunidos pela primeira vez em três noites, irão promover o encontro do sagrado e do profano, do clássico e do popular, apresentando a mistura de timbres, imagens e linguagens, que levará o público do samba à valsa, do raga ao rock, do choro ao baião.... Serão três concertos, onde a atitude de fazer Música, unida à delicadeza da interpretação, e somada à diversidade de cores, estilos, sonoridades (vivas e fortes) e gêneros, unem e transformam, com arranjos originais e exclusivos, a Música Contemporânea Brasileira.
Convidando uma irmandade sonora, estarão no palco expressivos intérpretes e solistas das cordas da atualidade, respeitáveis músicos com carreiras brilhantes, que irão trocar as mais puras energias musicais. Para mim esse é o time dos sonhos da música contemporânea, que trará ao palco do SESC Pompéia violões de 7 e de 6 cordas, violas, bandolim, guitarras, cítara e contrabaixos. Vai ter samba, baião, choro, frevo, canção, jazz, muita harmonia, música e amizade.
Serão três noites de música brasileira contemporânea, apresentada de forma simples e criativa, proporcionando viajar nas harmonias, melodias, ritmos e improvisos, transformando sonoridades saudáveis na mais pura forma de comunicação e deleite.




dia 08 de agosto – sexta-feira – 21h00
1º.noite: “À INTERPRETAÇÃO”
Arismar do Espírito Santo - baixo e violão 7’
Fábio Tagliaferri – viola
Heraldo do Monte – guitarra e viola 12’
Joel Nascimento – bandolim
“O encontro dessa noite apresentará as nuances, sutilezas e a pureza da Interpretação”.

dia 09 de agosto – sábado – 21h00
2ªnoite: “À DIVERSIDADE”
Arismar do Espírito Santo - baixo
Alberto Marsicano – cítara
Filó Machado - violão
Michel Leme – guitarra
“Em noite de contemplação, o encontro de águas sonoras, reverenciando a beleza, a diversidade e a liberdade da música universal”.

dia 10 de agosto – domingo – 18h00
3ªnoite: “À ATITUDE”
Arismar do Espírito Santo - guitarra e violão 7’
Kiko Loureiro – guitarra
Rogério Caetano – violão 7’
Thiago Espírito Santo – baixo
“Esta orquestra de matizes apresenta um verdadeiro desfile de estilos diversos, executando música única, com muito solo e improviso. O que importa é a Atitude”


FICHA TÉCNICA:
ARISMAR DO ESPÍRITO SANTO (direção, baixo, violão7 e guitarra)
Reconhecido como músico completo pela fluência com que toca contra-baixo, guitarra, violão, piano e bateria, tem como marca registrada sua maneira de tocar e compor, harmonias inusitadas, o ritmo e a criatividade. Multiinstrumentista, arranjador e compositor recebeu o Prêmio Sharp de Música e foi eleito pela Revista Guitar Player um dos dez melhores guitarristas/violonistas do Brasil. Em discos e palcos já se apresentou ao lado de grandes artistas brasileiros e internacionais”

ALBERTO MARSICANO (cítara)
“Músico paulistano introdutor do sitar clássico indiano no Brasil é discípulo de Ravi Shankar. Gravou sete CDs no Brasil e exterior sendo o último Sitar Hendrix, pela gravadora americana Sonic Wave, indicado ao 49 Th Grammy USA. Lançou recentemente o Livro CD A música Clássica da India pela editora Perspectiva (Col. Signos).

FÁBIO TAGLIAFERRI (viola de arco)
“Seu CD "Viola" recebeu indicação ao Prêmio Sharp e foi o primeiro trabalho de viola de arco em música popular. É integrante do grupo Música Ligeira (viola de arco, violão, baixo e vocal). Integrou diversas Orquestras e participou de inúmeros Festivais de Música e de Teatro, nacionais e internacionais.

FILÓ MACHADO (violão e guitarra)
“Na trilha sonora da vida do cantor, compositor, arranjador, produtor e multi-instrumentista figuram os mais prestigiados nomes da música nacional e internacional. Seu virtuosismo e talento permitiram que viajasse o mundo apresentando toda sua musicalidade.”

HERALDO DO MONTE (guitarra e viola de 12 cordas)
“Seu papel histórico na música instrumental brasileira é de grande importância. É referência para músicos de várias gerações. Foi considerado por Joe Pass o melhor guitarrista do mundo. Toca guitarra, cavaquinho, viola e contrabaixo, além de compor e fazer arranjos.”

JOEL NASCIMENTO (bandolim)
“Músico, compositor e bandolinista é considerado um importante Mestre do Choro, genero popular que levou para diversos palcos dos quatro cantos do mundo. Fez parte do grupo Camerata Carioca, que abriu novas perspectivas para esse estilo genuinamente brasileiro”.

KIKO LOUREIRO (guitarra)
“A despeito de ser hoje um dos principais guitarristas de rock do Brasil e também reconhecido internacionalmente, suas raízes musicais vão muito além dos powerchords e da distorção. A música brasileira, a música latina, o jazz e a música clássica sempre marcaram presença em sua trajetória”.

MICHEL LEME (guitarra)
“Músico, arranjador e compositor, com seu mais recente Cd Michel Leme & A Firma, recebeu a máxima: dinamite com dinâmica. Seu estilo é único, criativo e na pressão. Sua música é antenada, nervosa e agitada como São Paulo, sua cidade natal e referência musical.”

ROGÉRIO CAETANO (violão 7 cordas)
“Conhecido internacionalmente como Rogerinho 7 cordas, é considerado um divisor de águas na atual forma de se tocar o violão 7´. Músico, arranjador e compositor, passeia livremente pelos universos do choro, do samba, do xote, do baião e da música contemporânea do Brasil.

THIAGO ESPÍRITO SANTO (baixo)
“O caminho da música parece natural para quem nasceu envolto em acordes e harmonias. Músico talentoso e versátil é considerado uma revelação na maneira como toca o contrabaixo. Aos 27 anos possui 2 cds solo onde viaja por vários ritmos e influências, revelando sua criatividade ao tocar e compor.”

1 de agosto de 2008

novo myspace

Sumo e reapareço... Descupem-me se abandono o blog por um momento.
Várias coisas estão acontecendo ao mesmo tempo.
Primeiramente gostaria de convidá-los a visitar o meu myspace com novo lay-out

http://www.myspace.com/kikoloureiro


Espero que gostem!
Postem o que acharam legal e o que não gostaram
beijos e abraços!