21 de setembro de 2009

Horários EXPO MUSIC atualizados

22/09 Tagima Dream Team- Neural Code show 15hs
Moinho- Moóca

EXPO MUSIC

23/09 20:00 hs TAGIMA workshop
24/09 19:00 hs MAVERICK workshop
21:00 hs TAGIMA workshop
25/09 18:00hs D’ADDARIO sessão de autógrafos
19:00 hs MAVERICK workshop
20:30 hs TAGIMA workshop
26/09 Samsung World Cyber Games –Shopping Eldorado 15hs
Expo music
17:00hs D’ADDARIO sessão de autógrafos
18:00 hs ZOOM workshop
19:00 hs NEURAL CODE SHOW-auditório
20:00hs Bose workshop
20:30 hs TAGIMA workshop
27/09 17:00hs D’ADDARIO sessão de autógrafos
18:00 hs ZOOM workshop
19:00 hs BOSE workshop
20:30 hs TAGIMA workshop

16 de setembro de 2009

Pichincha em Quito


Aqui por Quito a crise é tamanha que já criaram o Banco Pichincha.
O cara chega com o Cartão "Prime Pichincha" e nem precisa pedir para parcelar em 20 vezes
Maravilhas da America Latina!

12 de setembro de 2009

Bulldozer- Unexpected Fate


Para quem conhece e gosta de Slayer e Venom das antigas, aí está uma banda tradicional do estilo que lança um novo trabalho.
Fiz uns solos em algumas músicas que também conta com a participação do Billy Sheehan e Jennifer Batten.
Assim fico entre o metal extremo e o violão brasileiro : )

Procurem na net para saber mais.
Espero que gostem!



Tracklist:
01 - Unexpected Fate
02 - Aces Of Blasphemy
03 - Salvation For Sale
04 - Use Your Brain
05 - Micro Vip
06 - Bastards
07 - Buried Alive By Trash
08 - The Counter-crusade
09 - The Prediction
10 - In The Name

9 de setembro de 2009

Guitar Player Blog Antigo.



CARREIRA ARTÍSTICA
Estou dentro de um avião, voltando do Chile, já tendo passado pela Argentina e indo direto para Bragança Paulista, Florianópolis, Uberaba – tudo em uma semana, e já (re)fazendo as malas para uma turnê de 50 dias na Europa. Passei o mês anterior viajando com o Angra e o Sepultura, lancei o álbum Neural Code (com o baterista Cuca Teixeira e o baixista Thiago Espírito Santo) e ainda concedi dezenas de entrevistas de divulgação para TVs, sites e rádios. Além disso, meu novo CD-solo, Fullblast, já está se espalhando pelo mundo. Foi lançado no Brasil, Argentina e Japão (em breve, sairá também na Europa). Mais entrevistas, promoções a cada minuto, nada pode parar...
As viagens por tantas cidades e países colocam-me em contato com vários guitarristas. Estudantes ou profissionais, não importa, todos com seus sonhos, seus CDs em mãos para eu escutar e opinar, crentes ou descrentes da profissão. Esta confraria guitarrística, em seu âmago, tem um perfil similar, sonhos semelhantes e ideais convergentes. Mas nem sempre há espaço para tantos talentos.
Quando a gente descobre o universo da música e o mundo da guitarra, nós nos dedicamos todas as horas possíveis para dominar o instrumento. A meta é ter prazer com a música e, quem sabe, viver profissionalmente deste “hobby”. Pode-se conseguir acompanhar um artista, dar aulas para ter um sustento ou viver das próprias composições. O próximo passo, então, é conseguir gravar seu primeiro trabalho autoral, mostrar suas ideias e revelar ao mundo o quanto você domina, assim como outros famosos, o instrumento nosso de cada dia.
Nesta passagem pelo Chile e Argentina, recebi mais de 10 CDs de músicos que participaram do Coca-Cola Zero Guitar Fest. Na maioria, muito bons e de ótimo nível musical e artístico. E isso me faz pensar que, apesar de parecer o auge que um guitarrista pode alcançar, o seu primeiro registro musical é apenas o “princípio do começo do início” , independente do que ele passou para chegar até ali. É o ponto de partida, o marco inicial de algo que ainda está por vir, que ele deve laborar e solidificar. Construir uma careira artística, esta é a meta real – uma sucessão de trabalhos, uma afirmação de que existe consistência, legitimidade e continuidade em suas ideias. O objetivo é, com esta seqüência, encontrar a sua própria sonoridade e levar suas descobertas aos ouvintes, transformando-as em seu estilo musical.

6 de setembro de 2009

Nossa Língua Portuguesa II


Quando a tradicional família lusitana dos Covas, que inclusive teve um braço genealógico no governo paulista resolveu por “casamento de conveniência” unir-se aos aristocráticos Pena, não se deram conta que não seria de bom tom, estratégico e muito menos de bom marketing lançar uma água com a alcunha aglutinada dos mesmos.
Só em Portugal. Viva a nossa língua portuguesa!

4 de setembro de 2009

Horários Expo Music

Para quem mora em São Paulo ou perto:
Aqui estão os horários que eu participarei da Expo Music deste ano

22/09 Tagima Dream Team- 17:00hs Neural Code show
Moinho- Moóca

EXPO MUSIC

23/09 20:00 hs TAGIMA workshop
24/09 21:00 hs TAGIMA workshop
25/09 18:00hs D’ADDARIO sessão de autógrafos
21:00 hs TAGIMA workshop
26/09 17:00hs D’ADDARIO sessão de autógrafos
18:00 hs ZOOM workshop
19:00 hs NEURAL CODE SHOW-auditório
21:00 hs TAGIMA workshop
27/09 17:00hs D’ADDARIO sessão de autógrafos
18:00 hs ZOOM workshop
21:00 hs TAGIMA workshop

1 de setembro de 2009

Tarja tour Parte II ( antes que eu me esqueça...)




Alguns posts abaixo escrevi sobre a primeira metade da tour da Tarja e agora me dei conta que faltou a continuação… Então vamos lá:
Depois do show na Suiça, tivemos uma pausa de uns dias e fomos para Vaasa na Finlândia em um festival enorme mas que de banda conhecida para mim tinha apenas o Lordi.
Nos dias livres pude passear em Helsinki e conhecer a terra onde o verão tem sabor de inverno paulista.
Claro que apesar de toda a beleza da cidade não tem como evitar reparar na grande atração destas viagens turísticas européias: os japoneses e suas maravilhosas câmeras fotográficas. A foto acima não carece de comentários acredito…
Tocamos em Vaasa e depois vazamos para Alemanha, Áustria, República Checa, Polônia e Kiev na Ucrânia.
O local do show na Polônia foi interessante. Um aeroporto construido pelo Hittler no meio do nada. Viajamos horas e horas para chegar à este local ermo e isolado do mundo. Perfeito para um aeroporto da SS, taticamente bem situado e escondido, porém talvez não tão inteligente para um festival de Metal. Não acham?
O Motorhead também sofreu com a falta de público e condições desconfortáveis do local além da chuva bem na hora do show…
Só por curiosidade este aeroporto aperece no filme Valquíria do Tom Cruise. Foi onde tentaram armar um golpe contra o Furher. Kikultura…
É muito bom estar nestes países diferentes. Aprende-se muito realmente, mas a comunicação é sempre um dilema insolúvel. Em Kiev, nem “água-water-acqua-wasser-l’eau” a mulher do restaurante entendia. Comer foi muito difícil. Tinha –se que degustar o que nós apontávamos no cardápio, torcendo para não vir com ovo. Afinal por algum motivo peculiar do paladar deste povo, tudo tem ovo. Tudo tem ovo mole, gosmento e escorregadio sobre a comida.
Esta semana voltamos de Portugal e vamos para terra do Hugo Chaves e depois colocar um pé em cada lado do hemisfério terrestre lá em Quito.
Notícias em breve!!
Aliás, antes que eu me esqueça… entrei no mundo “Twitter”.
Na minha época de outrora,as coisas eram diferentes ( ou quase pois o Sarney era presidente), “Twitter” era apenas o auto-falantinho de uma caixa de som para propagar as frequências agudas. Agora escravos da internet e do mundo binário, mais esta ainda…
www.twitter.com/kikoloureiro, sejam seguidores… assim poderão saber se passei mal com o ovo mole ou não lá de Kiev… é para isso que serve o twitter?
Beijos Lusitanos