18 de julho de 2010

BLog Guitar Player- RockHouse Methods Dvd





BLOG DO KIKO – Guitar Player

É comum aparecerem aquelas pequenas situações desconfortáveis na vida, nas quais,  depois que você está imerso, não resta alternativa além de encarar e tirar o melhor possível  proveito da experiência.
No começo de 2009, fui para Connecticut, Estados Unidos, a convite da empresa de livros, métodos e DVDs Rock House Methods. Essa empresa já existe há algum tempo, mas, de poucos anos para cá, tem focado sua estratégia em DVDs com guitarristas  mais novos que estão despontando no mercado internacional. Ao lado de Alexi Laiho (Children of Bodom), Gus G. (Ozzy Osbourne) e Marc Rizzo ( Soulfly), lá estou eu .
Quando recebi o convite, aceitei na hora. Considerando que já gravei cinco videoaulas aqui no Brasil – das quais, além de tocar, participei de todas as fases de elaboração, inclusive a produção –, eu me senti apto a gravar com os gringos sem o menor problema. Ofereceram-me quatro dias nas terras geladas de New Haven para criar o programa e três dias para gravar. Por estar confiante com minha experiência no Brasil, propus a possibilidade de gravar não apenas uma videoaula, mas quatro.
Não me pergunte por que falei quatro tendo apenas três dias para gravar. Creio que me empolguei na hora da decisão e convenci o produtor de que seria legal ter uma sobre fusion, outra sobre fraseado e, claro, uma sobre música brasileira e levadas adaptáveis no rock. A quarta teria que ser obrigatoriamente sobre técnica e rotina de estudo, a pedido deles. Portanto, saí com o desafio de gravar quatro programas longos e desafiadores em três dias e com apenas quatro dias para planejá-los.
Já aqui do Brasil, iniciei minhas anotações do que seria interessante mostrar. Criei o conceito para os programas ao meu modo. Porém, quando cheguei ao estúdio para discutir as ideias, vi que eles possuíam outra visão e a empresa tinha um estilo de didática próprio. Assim, tive de reorganizar tudo: quatro dias de 12 horas de trabalho insano sendo convencido e convencendo sobre ideais e caminhos didáticos.
Estar sozinho, com a guitarra na mão, em frente a uma câmera para falar e ensinar é uma das coisas mais difíceis e amedrontadoras. Tocar em um palco com outros músicos é mais tranquilo, pois a atenção está sempre dividida. Já o close no rosto e na mão é algo intimidador demais, um raio X musical. A execução deve tender à perfeição, afinal, o professor não pode vir com meias verdades. Além dessas dificuldades, o frio do inverno da Costa Leste americana não deu trégua nem dentro de um estúdio com lâmpadas e holofotes. Os tendões rígidos das minhas mãos eram motivo de chacota para os presentes atrás das câmeras, que, com suas mentes férteis, provavelmente me imaginavam à vontade no que talvez considerassem meu habitat natural: a Floresta Amazônica com água de coco, micos-leões, mulheres de tanga, tiros de metralhadora ao fundo e muito sol nas têmporas.
Como se não bastasse a não intimidade com a câmera, o frio, o tempo ínfimo, a abundância de informações para explicar e o alto padrão exigido pela empresa, o pior mesmo era fazer tudo isso em inglês. Correto, preciso e direto. Uma coisa é dialogar com alguém, mas é exponencialmente mais difícil falar sem interlocutor para um olho de vidro estóico e inanimado.
E pensar que a cada cinco minutos eu pensava em uma desculpa para fugir daquela situação. O tempo liquefez as dificuldades e cristalizou os resultados. As videoaulas  finalmente foram lançadas na NAMM 2010 e estão à venda pelo mundo inteiro. Todos estão contentes com o resultado  e os produtores, agora já amigos, sempre citam a fatídica semana de trabalho insano como exemplo para outros.

25 comentários:

Rodrigo Cordeiro disse...

Tocando de luva? iahiuahiuahua

Acho que todos nós, fãs, sabemos da dedicação e altíssimo nível de profissionalismo do Kiko.
É imprecionante!

Parabéns, Kiko. :-)

Anônimo disse...

As aulas devem ter ficado mto boas,mas os caras deviam mesmo estar pensando sobre o clima aqui no Brasil(bom resumo deste feito no post);afinal quem não gosta de rir da desgraça dos outros!?

fx disse...

Lo importante finalmente es sobreponerse a la adversidad, solo el trabajo y la preparación permiten vencer cualquier dificultad. Felicidades Kiko eres sin duda un modelo a seguir.

fx disse...

Al final lo importante es sobreponerse a la adversidad, solo el trabajo y la preparación sirven para vencer cualquier obstáculo. Felicicdades Kiko no solo por tus años de profunda y sincera dedicación sino por poner el alma en todo lo que haces.

Manias de Benetti disse...

Ah que bacana!
Vou procurar esse DVD ;D
Experiências assim devem ser sempre lembradas rsrs

Boa semana

;*

Marina

Caroline disse...

Haha...que bizarro!!! O nosso "habitat natural" deve mesmo ter despertado a imaginação deles!
Mas é claro que o seu profissionalismo e talento, fez com que isso se tornasse apenas mais uma de suas experiências.
Parabéns!!!
Bjs

Camila Silva disse...

Kiko, querido...

Não me leve a mal, mas se estava tão frio assim pra vc tocar de luva porque vc não esta vestindo um agasalho???!!! hahahahhahahahah



Beeijooss!

=D
(leva a bluuuusa!)

Anônimo disse...

Todo mundo algum dia passa por situações constrangedoras. O que adimiro em vc é que vc as enfrenta.


Parabéns! É por isso que vc se destaca, e também pelo seu esforço!

Ana Castanho disse...

Imagino a dificuldade de criar as aulas com todas essas condições. Parabéns pelo esforço e dedicação, Kiko! :)

Pedro M. disse...

És o maior!

Renata C. disse...

Uau! Isso que eu chamo de desafio!! Nossa Kiko, 4 video aulas em 3 dias?!?! Você foi muuito corajoso em se colocar para fazar algo assim em pouco tempo e tento que fazer com boa qualidade!! Parabéns pelo esforço!! Mostrou como aqui no Brasil também existe guitarras bons!!

violet disse...

Dá para tocar com essas luvas grossas sem encostar na corda vizinha?

Bjos.

Kelvin Dias disse...

AHaha
Deve ter ficado show!

mari moura disse...

Caramba heim cara!?!
Uma situação um tanto que
didicil,e vc levou na boa
e atingiu o objetivo.
É por isso que eu te admiro e sou msm sua fan,pq apesar das dificuldades vc é mais profissional,
e verdadeiro mestre da guitarra.
Parabéns,mas por favor,não se destrua e coloque tb um agasalho.
bjuss!

Cristiane Foganholo disse...

O que dizer depois desse "perrengue" todo? Só dar os PARABÉNS pela sua garra e dedicação!
Não deve ter sido fácil de fato, mas acredito plenamente no resultado satisfatório das QUATROOO video aulas!..rs..

Da próxima vez, contenha-se um pouco né Kiko,chega de exageros!!..rsrs

Beijos!

Elaine Candeas disse...

Oi! Kiko!
Demorei em postar, mas estou aqui com os meus textos compri...dos rsrsrs. Bom, vou tentar ser breve como os outros fãs. ´
Puts... Que tempo que você perdeu idealizando tudo e na hora tinha que ser como a empresa trabalha. Realmente uma empresa como a deles segue um padrão para não perder a qualidade do produto que eles lançam no mercado. Esse é o diferencial de algumas empresas bem sucedidas. O duro é que você teve que adequar as suas idéias ao modelo. Ai... Realmente... serviço dobrado, e bem recompensado rsrsrs. Pra você ver, nada é fácil nessa vida até os bons sofrem rsrsr. Já pensou se não ficasse bom?
Fotografia... difícil...detesto ser fotografada...mas adoro aparecer...adoro um microfone rsrsrs. Vai entender rsrsrs. Mas a intimidação das câmeras é realmente desmotivadora. Fico imaginando o quanto você ficou receoso com esse encontro. Eu ficaria com certeza. É você botar a prova o que você sabe, em inglês rsrsrs. É perceptível sua intimidação em fotos rsrsr.
Os caras são folgados, mal sabem como é o Brasil. Na verdade eles só estudam a História do país deles, e não sabem do resto do mundo. São ignorantes, engolem o que o marketing propaga. Garanto que só zoaram porque você é Latino. Mesmo você sendo bonitinho e arrumadinho e com dinheirinho rsrsrs. Infelizmente existe o preconceito, mesmo sendo sutil.
Mas é isso ai, fico aqui com os outros fãs aguardando nova postagem. E espero que não demore muito.
Ao meio dessa atividade toda Kiko, do seu dia-a-dia, como está você? Quais os seus sentimentos atuais referentes a estes acontecimentos?
Faz um agradinho pra mulherada, faz... Escreve pra gente sobre isso!
BJS

misterpoul.adm disse...

Ola Kiko...
Meu nome é Pablo Trabalho aki na MARUTEC (Tagima)
Gostaria de saber se vc da aulas particulares e como faço para ser seu aluno???
meu email particular é pablo_ph_rocha@hotmail.com...

Obrigado!!!

Anônimo disse...

saudades ... parabéns

Jefferson disse...

Com certeza deve ter sido horrível. Acho que eles deveriam ter sido mais compreensíveis e explicado seus métodos antes.

Mas parabéns pela força de vontade e esforço!

abraço

Camelo disse...

uma beleza essas luvas, hein.

Ca.mi.la disse...

Li com muita calma tudo o que você disse; e posso te afirmar que se eu estivesse em seu lugar não teria conseguido, teria simplesmente desistido, sim talvez eu seja fraca demais para essas coisas mas só sei que o seu trabalho toca fundo em meus pensamentos é incrível, nunca senti o que estou sentindo a partir do momento que passei a conheçer melhor a banda. É kiko você tem a música no seu sangue e na sua alma, são poucos que tem o que você demonstra de melhor, que é as suas criações. Espero realmente que um dia eu possa ir em um show de vocês, um não mas muitos. Queria citar aqui um pequeno trecho de A TEMPESTADE DE WILLIAM SHAKESPEARE "Daria agora mil estádios de mar por uma jeira de terra estéril com urzes longas, tojo escuro... fosse o que fosse". Em muitas situações nos encontramos assim, a beira de se afogar ao redor de tudo, mas seja forte, querendo ou não tudo passa, ou melhora ou piora e se você é realmente a pessoa que eu imagino ser, que querendo ou não se deixa-se mostrar nas entrelinhas dos seus textos, eu creio que você é forte o suficiente pra não se abater com nada. Sinceramente obrigada por compartilhar nem que seja alguns momentos de sua vida.

Boa sorte aonde quer que você esteja.
Ituverava-sp, 21 de agosto de 2010.
By: Camila

Ca.mi.la disse...

Li calmamente esse seu ultimo post e queria lhe dizer que estou sinceramente impressionada com a sua força e garra, porque se eu estivesse em sua situação eu não teria conseguido, talvez eu seja fraca demais ou por pura falta de conhecimento do que é mundo. Vou citar um breve trecho de A TEMPESTADE DE WILLIAM SHAKESPERE "Daria agora mil estádios de mar por uma jeira terra estéril com urzes longas, tojo escuro... fosse o que fosse". Passamos por muitas dificuldades e na maioria das vezes pensamos em abandonar tudo, mas criar forças e enfrentar o que está por vir é muito mais genial do que simplesmente virar as costas para as oportunidades, você foi imensamente corajoso e fiquei perplexamente admirada. Obrigada por tentar se expressar, não sei se é do seu interesse ou não demontrar isso mas fico feliz pela sua dedicação extrema, que me faz apreciar cada vez mais o seu trabalho.
Boa sorte aonde quer que você esteja nesse momento.
Espero realmente que você leia esse comentário.
Grandes abraços.
Camila.

Ituverava-sp, 21 de agosto de 2010.

Junior Fenix disse...

Depois de muito tempo admirando sua técnica, passo hoje a admirar acredito eu, muito mais o seu profissionalismo. Parabéns Kiko

Lucas Guitarra disse...

Legal!


cara acessa meu vídeos ai, seu cd no gravity, teve muita influência, valeu, continue CARA TRABALHANDO NAS PRODUÇÕES MUSICAS, LANÇA MAIS ALBUNS INSTRUMEINTAS QUE NÃO MESCLEM JAZZ POR FAVOR.


http://www.youtube.com/user/virtuosaguitarra

linaldo disse...

alou kiko sou te fan cara to aqui pra te prestar apoio num caso do plageo do parangole bota pra f*** nesses merdas tai meu imail:linaldojovem@hotmail.com