25 de novembro de 2010


GUITARRA PRESIDENCIAL

Em junho, recebi um convite mais que inusitado. Por telefone, perguntaram-me sobre minha vontade e disponibilidade de tocar para o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Mesmo sem saber exatamente o que era e quais as circunstâncias de tal apresentação, aceitei na hora, sem hesitar. Claro que com total consciência de que nosso “companheiro” não deve ser lá muito fã de arpejos com sweeps, blue note, padrões com palhetada alternada e outros itens característicos de nosso cardápio guitarrístico.

Em comemoração aos 30 anos do modelo Gol, a Volkswagen do Brasil desenvolveu a série Vintage. Esta linha, além da cor branca e faixa preta, ao melhor estilo dos carros dos anos 1970, vem com um amplificador acoplado no porta-malas e um suporte para guitarra. Para completar a ideia, a Tagima foi convidada para desenvolver uma guitarra nas mesmas cores, com visual vintage e logomarca da Volkswagen.

No dia 01 de junho, Lula faria uma visita à fábrica em São Bernardo do Campo (SP), ao lado de ministros, senadores, prefeitos, presidente da Volks, diretores, sindicalistas, comitiva estrangeira e diversos ilustres – todos com seus belos ternos, assessores com pranchetas na mão e gigantescos seguranças com seus pequenos fones em uma das orelhas.

Além do discurso para os metalúrgicos, a agenda do dia previa a recepção na fábrica e, então, a apresentação do Gol Vintage. Carro impecável, guitarra impecável. Faltava o piloto e, por isso, fui convidado. No dia anterior à apresentação, cheguei à Volks sem saber o que deveria tocar. Pensei no hino nacional à la Jimi Hendrix – ideia enfaticamente vetada pela comitiva presidencial. Depois, imaginei que um chorinho ou alguma música minha com uma levada bem brasileira funcionaria. Ao chegar ao local, descubro que, por um consenso entre a equipe e a comitiva presidencial, foi definida a canção Amigos para Sempre, por ser do gosto pessoal do presidente. Em minha opinião, a música não tinha nada a ver. Não é brasileira, tem uma melodia pegajosa, é lenta e enfadonha para a imagem de um carro com apelo esportivo e uma guitarra instalada.

Tocaria o que fosse preciso, mas a meta era tentar mudar esse quadro. Coloquei o playback da minha música Feijão de Corda (um baião de melodia bem simples) no som do carro e executei o tema principal. Convencer a galera do setor de desenvolvimento não foi difícil, afinal, eles criaram o conceito do carro e já sabiam que a melodia sonolenta de Amigos para Sempre não refletia o visual do carro. O próximo passo seria convencer o diretor de marketing da empresa, que já tinha sua cabeça feita em relação à música imortalizada por José Carreras. Ele ouviu as duas opções e saiu convencido de que o baião teria mais a ver com Lula e suas raízes. Horas depois, após inúmeras repetições e ensaios de como e quem dispararia o CD, quem abriria a porta do carro e todo o estudo necessário da movimentação ao lado do excelentíssimo presidente Lula durante o evento que aconteceria no dia seguinte, eis que chega o presidente alemão da Volks para colocar ordem na organização brasileira. Sem delongas, pediu para ouvir a música, afinal, a demonstração do carro seria algo muito importante na solene recepção. Um amontoado de ilustres engravatados, diretores e outras pessoas importantes em volta para saber o veredicto final da canção. Desconhecendo o ritmo nordestino, ele pergunta se Lula conheceria aquela música. Fui obrigado a responder que não e ver que a enfadonha melodia de Amigos para Sempre ganharia a batalha.

Mas o que fazer se acreditávamos que a tal música não tinha nada a ver? Bem, se queriam melodia conhecida, ritmo nordestino e agradar Lula, não me restou outra alternativa a não ser sugerir Asa Branca. Tiro certo. Todos ali presentes concordaram, mas a comitiva e o presidente da Volks já não estavam mais lá para assinar embaixo. Decidimos por nós mesmos e encaramos o dia da apresentação, mesmo com as folhinhas com a programação dizendo que um tal Kiko Loureiro, guitarrista, tocaria a música Amigos para Sempre. Na manhã seguinte, em meio à organização impecável, toquei a composição de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. O sorriso do nosso presidente selou a discussão.

20 comentários:

Iris Gabrielle disse...

Nossa, que legal, Kiko! Pena que não tenham aceitado a "Feijão de corda", acho que seria perfeita. Mas... sábia escolha a sua!
E que moral hein!!!
Beijos =D

Cristiane Foganholo disse...

Nossa, se eu soubesse teria te convidado pra dar uma passadinha em casa pra tomar um café!...rs.. Moro a uns 6 km da Volks! Adorei o post!
Parabéns e... volte sempre! ;))

Anônimo disse...

Curioso

Magnum Opus disse...

Parabéns pela apresentação inusitada! E eu gostaria de ouvir a versão rock'n roll de Asa branca. E essa versão do Gol vai ser produzida? Eu imaginei que fosse apenas uma versão conceito... Abraços.

mariana ruiz disse...

Kiko, tu terías que escrever um livro!Adoro teu blog e sempre tu consegues me fazer rir e outras chego até sentir pena de ti...XDDD!!Bj.

Lita Barros disse...

"Pensei no hino nacional à la Jimi Hendrix"- Teria sido lindo. Maldade não terem deixado!

Alemoa disse...

Excelente escolha, Kiko! Mas que seria engraçado tu tocando Amigos para sempre para o Lula, ah, isso seria...

Thiago Varjão disse...

Que aventura!!! Bota enfadonha nisso... nda a ver com a situação. O que acho mais bacana nos seus Posts é que apesar de estar anos luz de tocar guitarra como vc, a cada descrição de uma situação dessa me sinto na sua pele.
Abração!!!

Fox`U-Skiter disse...

Néssas hóras se nem lembra dagente néh kiko?
oaskpaoska '
nem pra chama....
bom... graças as suas video-aulas eu estou me aperfeicoando cada vez mais e mais, com a intenção de tocar algum dia com o méstre-dos-guitarristas, chimbinha , brincadera, VOCÊ. Desdo meu encontro com voc no seu workshop aki em CG-MS, o que foi muito engraçado, mudou complétamente minha vida... sua palheta, que é uma simples palheta pra voc, é diamante pra mim... sua assinatura, e meu aniversario esta chegando heim!?, dia 22/12... Como queria ter um dia de aprendizado com meu idolooo.... kikoooooKIKOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO...
conversa comigo... preciso de mais incentivos... voc é o meu idolo, minha imagem... minha fonte de inspiração... desejo todo sucesso do mundo e da galaxia pra voc...
Abrass ( Marcelo Loureiro // poaksopkas ' )
lembra?
Abrass, by~~>Lucas Lima
Seu futuro pupilo ( eu acho ) poaksopaks '

Denise de Oliveira disse...

Asa Branca é indiscutivel, mas meio clichê, ein?
Sucesso :).

Mai disse...

Amigos para sempre seria decepcionante rsrs
Parabéns pela escolha, ja que além da musica ser bem conhecida, remete as raízes do presidente e costuma conquistar a todos quando bem executada (e com certeza foi o que aconteceu).
Tem que ter coragem pra mudar a programação, mas seguir o coração é a melhor opção sempre!
Sucesso Kiko!
Bjos

Anônimo disse...

Um tal de Kiki ia tocar, MEDO
"Feijão de Corda" daria certo
Mas já que é para o Lula
Asa Branca seria o melhor

É bom ver que os artistas
Brasileiros ainda são valorizados
Pois o mercado nacional
esta cada vez menor
e a poluição internaçional
esta sufocando a população!

Parabéns Kiko :D

paulo pintura design disse...

e ai kiko,foi assim mesmo o desenrolar desse episodio,no entanto esta eu lá e tive o prazer de acompanhar boa parte de tudo isso e falar para todos do profissional que vc é.

Roger Patrocinio disse...

Que foda :D
Esse povo não tem mesmo bom senso pra música.
Ainda bem que existem músicos que amam a música brasileira. Parabéns Kiko.

O hino nacional à la Jimi Hendrix seria maneiro ein :D

Caroline disse...

Que desafio!!Agradar a galera do setor de desenvolvimento, o diretor de marketing, o presidente alemão da volks e enfim o presidente Lula.
Que bom que tudo deu certo!

Adriano disse...

Até um parabéns pra você fica parecendo uma música se for tocada pelo kiko, kiko loureiro é o cara..

Palhetada Certa

Anônimo disse...

Kiko, que pena não tocar Feijão...
Mas legal que o Kiko entende certas coisas né, ele tem este lado social...
Já pensaram se fosse Ardanuy... hehehe já chegava bebum total e dane-se o que querem ouvir...
hehehe

Anônimo disse...

ah, desculpe-me é ex presidente.
pq agora quem manda é a companheira Dilma.

Anônimo disse...

Você escreve muito bem, a leitura fica super agradável.

PauloGuitt disse...

Gosto muito do trabalho de kiko Loureiro. Curto e toco guitarra gostraia de aquirir uma guitarra tagima igual a dele.